Primeiro mutirão contra a dengue do ano

percorre mais de 3.200 imóveis em Rio Claro

 

 

Agentes de combate à dengue, chikungunya e zika vírus da Fundação de Municipal de Saúde de Rio Claro percorreram um total de 3.228 imóveis no agentespq.jpgprimeiro mutirão de combate aos focos do mosquito Aedes aegypti. A operação, realizada na manhã de sábado (14), ocorreu nos bairros Bonsucesso, Novo Wenzel, Bom Retiro e Centenário.

Segundo informações do Centro de Controle de Zoonoses, desse total, os agentes conseguiram trabalhar em 2.137 imóveis e os 1.091 em que não houve a possibilidade de trabalharem serão novamente visitados durante a semana.

O mutirão teve ainda o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente com o caminhão cata-bagulho, recolhendo entulhos e lixos que estavam acumulados nas casas e demais imóveis.

O objetivo da ação, que ocorrerá aos sábados em diferentes bairros de Rio Claro, é eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, bem como para orientação à população.

Os mutirões contra a dengue acontecem em todos os municípios paulistas agregados ao projeto estadual de enfrentamento da doença. As visitações casa a casa, terreno a terreno, garantem uma cobertura para prevenção e eliminação de criadouros do mosquito, uma vez que a maioria dos criadouros está localizada