Prefeitura reinicia obra da USF São Miguel

 

 

Após praticamente finalizar o prédio da Unidade de Saúde da Família do Jardim Santa Elisa, a prefeitura de Rio Claro retomou nesta semana uma segunda obra que também estava paralisada. “É o nosso comprometimento com a população, que via nestas obras paradas um verdadeiro desrespeito e a má utilização do dinheiro público”, comentou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria na tarde de sexta-feira (28) durante visita à construção da Unidade de Saúde da Família do São Miguel, que estava paralisada há mais de ano.

“Além de sabermos que teremos o privilégio de contar com um posto de saúde em frente de casa, ficamos felizes em ter de volta a sensação de segurança, pois isto aqui era invadido para consumo de drogas e tudo o mais”, relata o morador João Ricardo.

Além dessas unidades do Santa Elisa e do São Miguel, existem outras quatro unidades de saúde à espera de conclusão, cujas obras foram abandonadas pelo governo municipal anterior, embora tenha recebido R$ 3,2 milhões da União para realizar o serviço. O Ministério da Saúde cobrou do município a devolução dos recursos ou o término das obras. “Temos que terminar as obras ou devolver os R$ 3,2 milhões investidos pelo Ministério da Saúde”, informa o secretário municipal de Saúde Djair Francisco.

As unidades em construção estão localizadas nos bairros Jardim Santa Elisa, São Miguel, Bela Vista, Jardim Progresso, Jardim Brasília 1 e Vila Verde/Mãe Preta.

Desde o início deste ano a Saúde passou a ser prioridade para a prefeitura. Outras iniciativas estão em andamento com o programa Mais Saúde, como as carretas da saúde, que serão instaladas no Espaço Livre da Avenida Visconde do Rio Claro, e algumas já implantadas, como a Farmácia Todo Dia, que atende também nos feriados, sábado e domingo.