37 mil esperam por procedimentos na saúde de Rio Claro

Quase 37.000 pessoas aguardam a vez para serem atendidas no setor de saúde pública do município de Rio Claro. “Esta é a herança que encontramos, uma situação absurda, que demonstra como era tratada a saúde da população”, afirmou o prefeito João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, ao tomar conhecimento dos números finais do levantamento realizado pelos novos gestores da Secretaria Municipal de Saúde.

Ao todo são 36.872 procedimentos a serem realizados em pacientes que esperam na fila de atendimento, alguns há mais de três anos. “Tudo é importante nos serviços oferecidos à comunidade, mas saúde é indispensável; as pessoas não podem pagar com a própria vida por este descaso”, ressalta Juninho, que nesta segunda-feira (30) esteve em São Paulo para tratar, dentre outros assuntos, questões relativas à saúde do município.

De acordo com o prefeito, as equipes de saúde do município estão orientadas a darem prioridade total para resolver esta questão o quanto antes. “Estamos buscando alternativas e não medindo esforços para que os cidadãos tenham seus direitos respeitados”, confirma o secretário de Saúde, Djair Cláudio Francisco.

O levantamento apontou a necessidade de se realizar 19.108 consultas em diversas especialidades, como oftalmologia (mais de 10.000 consultas), endocrinologia (801), cardiologia (mais de 1.200) e ortopedia (2.200).

A situação levantada pelo novo governo municipal mostra também que são 17.764 exames médicos aguardando agendamento, o que inclui 7.056 ultrassonografias, 1.162 endoscopias, 636 colonoscopia e 2.575 exames de raios-x.